Antônio Dias de Ouro Preto


O Antônio Dias é um dos bairros mais charmosos do Centro Histórico de Ouro Preto. Do alto da rua Cláudio Manoel (também chamada de rua do Ouvidor) é possível ter um olhar bem geral sobre o bairro. Mais abaixo, no fim da mesma rua, encontra-se o único Passo da Paixão que permaneceu no bairro. Ao lado dele, a partir da mureta, é possível ver ainda mais o bairro. Em frente a ele, está o Chafariz do Antônio Dias.


No Antônio Dias fica a Casa de Gonzaga, que hoje abriga a Secretaria de Turismo, Indústria e Comércio. Dela, Tomás Antônio Gonzaga teria se enamorado de Maria Dorotéa Joaquina de Seixas, de quem foi noivo, mas com quem não chegou a se casar. Suas liras chegaram até nós pelo livro Marília de Dirceu. A casa de Maria Dorotéa abriga, hoje, a Escola Estadual Marília de Dirceu.


A casa de Cláudio Manoel da Costa também fica no Antônio Dias, bem pertinho do Passo da Paixão. O advogado, minerador, poeta e inconfidente foi preso e morreu na Casa dos Contos, antes do julgamento que condenou seus companheiros ao degredo e Tiradentes à forca.


O Museu Aleijadinho também fica no Antônio Dias, dentro da Matriz de Nossa Senhora da Conceição. Igreja e museu estão em obras de restauro neste momento. O bairro abriga, também, outras duas igrejas muito importantes na história de Ouro Preto: a Igreja de São Francisco de Assis e a Igreja de Nossa Senhora das Mercês e Perdões. Em cada uma delas há algo de Antonio Francisco Lisboa, o mestre Aleijadinho. Mas isso é assunto para outro post...



Foto: Leonardo Homssi

8 visualizações

Cervejaria Ouropretana LTDA | CNPJ: 16.745.318/0001-31 | 

R. Nossa Senhora das Mercês, 55  - Cachoeira do Campo - Ouro Preto/MG - CEP35410-000

contato@ouropretana.com.br  / 31. 98818-0646

© Todos os direitos reservados. 2020

  • Facebook
  • Pinterest
  • Instagram

É proibida a venda de bebidas alcoólicas

para menores de 18 anos