Conheça os principais estilos de cerveja da Ouropretana




É do instinto humano identificar características comuns, agrupá-las em tipos e, assim, confeccionar uma identidade que pode ser entendida como estilo. O conceito da palavra abrange muitos sentidos. Porém, de maneira simplificada, estilo é um pacote de definições sobre objetos, seres, fenômenos, etc. As designações ocorrem em diversos setores produtivos, e nas cervejarias não poderia ser diferente. Para se ter uma ideia, ao redor do mundo, são comercializados em torno de 150 estilos da bebida.

Conheça, a seguir, os detalhes dos principais estilos produzidos na Ouropretana.


1. Lager Produtos: Golden Lager, Amber Lager, Café Lager

As cervejas Lager são fermentadas no fundo do tanque, sob baixas temperaturas (8ºC - 12ºC). O estilo Pilsen faz parte da família das Lagers, assim como outras cervejas que compartilham o mesmo processo de fermentação. Já as Pilsner são cervejas produzidas na região de Pilsen, na República Tcheca, e têm denominação de origem. Isso significa que só as produzidas naquele local podem levar o nome de Pilsner. O estilo foi criado em meados do século XIX. Em geral, as cervejas Lager caracterizam-se pelo aroma e sabor marcantes de lúpulo. Água, lúpulo, levedura e malte de cevada são as bases de sua composição.


2. Weissbier

Produtos: Weissbier

Típica da Alemanha, a Weissbier ou Weiss é a cerveja feita com pelo menos 50% de malte de compostos de trigo, tendo versões que alcançam até 70%. Apesar de não levar banana em sua receita, são o sabor e o aroma da fruta que se destacam na bebida, associados a notas de especiarias. Seu teor alcoólico, em geral, costuma ser baixo, assim como o amargor.


3. Witbier

Produtos: Witbier

Típica da Bélgica, a Witbier é a cerveja feita com condimentos, adicionados às bases de produção medievais. Os mais comuns são coentro e cascas de laranja e de limão. As cervejas do estilo são bem condimentadas, cítricas e aromáticas, em geral leves e refrescantes. Elas não levam muito malte na receita, e também não recebem grandes quantidades de lúpulo.


4. English Pale Ale

Produtos: English Pale Ale

A tradição britânica está presente nas cervejas English Pale Ale, estilo considerado um dos mais antigos do mundo. A fermentação da bebida ocorre com a adição da levedura Ale ao malte e ao lúpulo, elevados, posteriormente, a altas temperaturas (alta fermentação). O resultado é um sabor terroso e amargo, em função da alta concentração de lúpulo.


5. India Pale Ale (IPA)

Produtos: American IPA, IPA Maracujá, Ginger IPA, Double IPA Manga

Derivada da EPA, a India Pale Ale também foi concebida por britânicos, desta vez em território indiano, no século XVIII. Esta cerveja detém sabor e aroma amargos, com o diferencial para a percepção frutada, especialmente cítrica.


6. Porter

Produtos: Amburana Brown Porter

Popular entre os trabalhadores dos portos ingleses do século XVIII, o estilo Porter ganhou o mundo e confere à cerveja a coloração escura e o sabor menos amargo, podendo, em alguns casos, surpreender pelo dulçor. É uma bebida encorpada, preparada a partir de malte torrado, por alta fermentação, e com alto teor alcoólico (até 13%).


7. Stout

Produtos: Cafetelier Imperial Stout

Similar à Porter, por vezes sendo confundidas, as cervejas do estilo Stout são de coloração escura, cobertas por espuma marrom e com aroma torrado. A diferença entre os estilos consiste na textura e no sabor predominantes. A Stout é seca, com sabor e aroma puxados para o amargor, fazendo recordar notas do café e do chocolate.


Texto: Cauan Gomes

Supervisão: Aline Monteiro


2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo